Você conhece a origem e o significado das alianças?

alianca-ouro-branco-anatomica-em-ouro-branco-18k-com-20-diamantes-brilhantes-0-01ct-totalizando-0-20cts_d

 

Historiadores afirmam que as alianças surgiram no Egito Antigo, representando o compromisso e admiração entre um casal. O seu formato circular remete à ideia de eternidade, já que o círculo não possui ponto final.

Largas ou finas, de ouro amarelo, branco ou rose, com diamantes ou lisas, a verdade é que as alianças existem a centenas de anos, mas continuam “fazendo a cabeça” dos casais apaixonados. Porém, o que a maioria dos noivos não se dá conta é que ao elegerem um modelo estão muito mais do que escolhendo uma simples jóia. Eles estão determinando a peça que será o símbolo eterno da cumplicidade, do carinho e dos sentimentos que envolvem os dois.

A aliança de compromisso, de prata, é muito usada pelos casais jovens, que ainda não assumiram um compromisso formal, mas que sentem a necessidade de demonstrar seus sentimentos um pelo outro. Os modelos mais moderninhos também estão em alta entre os casais mais novos. As alianças com designe inovador podem misturar mais de um tipo de ouro, incluir pedras e detalhes em relevo.

Para os casais mais antigos, as alianças especiais para bodas fazem o maior sucesso. Para as bodas de ouro (50 anos de casados) são sugeridas as alianças de ouro mais largas do que as usadas no casamento, as alianças conjugadas e cravejadas de diamantes ou as com freza em diamante ou ouro branco.

Confiram em nosso site todas as opções de alianças que temos a oferecer clicando aqui.

 

  Historiadores afirmam que as alianças surgiram no Egito Antigo, representando o compromisso e admiração entre um...

Read More »

Diamante a Gema do Mês de Abril

grargantilha-em-ouro-branco-18k-com-diamantes_dz

Gema do mês de abril e das bodas de 60 anos, o diamante é uma das mais cobiçadas dentre todas as gemas. Símbolo da pureza, o mineral é conhecido pelo homem há mais de 3.000 anos e considerado na Antiguidade como pedra poderosa para cura. Composto por um único elemento – o carbono puro cristalizado – o diamante é o material mais duro que se conhece na natureza, alcançando a dureza 10 na escala de Mohs.

A classificação internacionalmente utilizada para os diamantes é denominada de “4Cs” : pureza (clarity), cor (colour), peso (carat) e lapidação (cut) – este último, o único determinado pela técnica e habilidade humanas, e não pela natureza.

Dentre todos os tipos de lapidação, a lapidação brilhante é a mais utilizada, por revelar com facilidade o brilho e o “fogo” da pedra.

As características de um bom diamante estão ligadas à ausência de outros elementos em sua composição, sendo a única gema cujo valor é diretamente proporcional à ausência de cor.

Os diamantes coloridos, porém – denominados de Fancy Colors ou, em português, Cores Fantasia – têm seu lugar no mercado.  Os diamantes vermelho, laranja, púrpura, verde e azuis bem saturados se encontram na categoria dos extremamente raros, sendo por isso muito valorizados.

Fonte: http://novo.infojoia.com.br/noticias/interna/13519/diamante–a-gema-do-mes-de-abril#sthash.2PystpGm.dpuf

Acesse nosso site e confira as peças disponíveis com diamantes  clicando aqui.

Gema do mês de abril e das bodas de 60 anos, o diamante é uma das mais cobiçadas dentre todas as gemas. Símbolo da purez...

Read More »

CURIOSIDADES: SAIBA MAIS SOBRE JÓIAS

 

 

220324-343365-ouro_colorido

 

 - Ouro

É um metal de transição brilhante, amarelo, pesado, maleável, dúctil (trivalente e univalente) que não reage com a maioria dos produtos químicos, mas é sensível ao cloro e ao bromo. À temperatura ambiente, apresenta-se no estado sólido. Este metal encontra-se normalmente em estado puro e em forma de pepitas e depósitos aluvionais e é um dos metais tradicionalmente usados para cunhar moeda. É tão dúctil e maleável que, com apenas um grama de ouro, é possível obter um fio de 3 quilômetros de extensão e 0,005 milímetros de diâmetro, ou uma lâmina quadrada de 70 centímetros de largura e espessura de 0,1 micrômetro.[1]
O ouro puro é demasiadamente mole para ser usado. Por essa razão, geralmente é endurecido formando liga metálica com prata e cobre. O ouro e as suas diversas ligas metálicas são muito empregados em joalherias, fabricação de moedas e como padrão monetário em muitos países. É considerado como um dos metais mais preciosos, tendo o seu valor sido empregue como padrão para muitas moedas ao longo da história.

Sua cor varia conforme a proporção da liga prata/cobre, e de acordo com o metal utilizado para endurecer a liga. Veja:

 

Ouro + 2/3 de prata + 1/3 de cobre Ouro Amarelo
Ouro + 1/3 de prata + 2/3 de cobre Ouro Rosa
Ouro + prata + zinco Ouro Azul
Ouro + prata + ferro (ou aço) Ouro Negro
Ouro + cobre Ouro Vermelho
Ouro + paládio Ouro Branco
Ouro + prata Ouro Verde

 

       - Ouro É um metal de transição brilhante, amarelo, pesado, maleável, dúctil (trivalente e univalen...

Read More »