Maio, o mês das Noivas

casamento

Todos sabem que Maio é considerado o mês das noivas. As razões para essa associação, porém, são bastante nebulosas.
Há algumas histórias que tentam explicar o fato, mas nada que concretize as especulações.

De qualquer forma, temos a certeza de que: apesar de todo o encantamento que envolve o mês cinco do calendário, não é este o período mais procurado pelos casais apaixonados para selar os laços matrimoniais. Pelo menos não nos nossos tempos.

Em recentes pesquisas envolvendo o Brasil, ficou constatado que o mês preferido para o “casório” é dezembro. Isso porque os entrevistados consideram que este seja o período ideal para tirar férias, além de haver o estímulo do 13º salário, que ajuda nas despesas.
Já nos Estados Unidos, o mês predileto para o “sim” é fevereiro, quando se aproveita o romantismo do Valentine’s Day, que é comemorado no dia 14 do mês.

Então, por que maio?
A tradição vem da Europa, e uma das hipóteses mais aceitas é uma antiga lenda da Idade Média. Segundo ela, este era o período em que os habitantes do Hemisfério Norte tomavam seu primeiro banho anual.
É, isso mesmo!

Como lá as temperaturas são muito frias (abaixo de zero) nos primeiros meses do ano, as pessoas precisavam esperar o tempo esquentar para fazerem a sua higienização completa.
Assim, faz todo o sentido o casamento acontecer logo após este momento, quando podia-se amenizar o odor dos noivos. As mulheres ainda tomavam seu banho imersas e flores, além de carregarem bem perto de si um ramalhete para ajudar na missão. A tradição, apesar de sofrer mudança de significado, se mantém até hoje, quando a noiva carrega seu fiel buquê de flores rumo ao altar.

Outra vertente bem aceita é a de que Maio celebra muitos costumes populares do Velho Mundo. O período, que marca o inicio da primavera na região, é celebrado com muitas flores, que com o passar do tempo foram associadas à eternização do amor e ao casamento. Acima de tudo, há uma referência direta à feminilidade, sendo expressa também pelo Dia das Mães e pela consagração de Maria, ambas datas comemoradas durante o mês.

Joias para as Noivas
E já que estamos falando em Noivas, por que não dar dicas para adornar aquelas que desejam pisar no altar em breve? Diferentemente das madrinhas e das demais convidadas, que possuem grande leque de possibilidades, as noivas precisam prestar atenção em alguns detalhes que acabam restringindo suas opções.

Colares
Só podem ser usados com vestidos decotados. Nem pense em vestir estas joias se o modelo tiver gola alta ou muito bordado.

colar

Brincos
Não é uma regra, mas lembre-se que “menos é mais”. Como a intenção não é chamar a atenção especificamente para estas peças, a indicação são brincos medianos e que não incomodem.

brinco

Anéis e Pulseiras
Devem ser evitados. É bacana que a mão da noiva esteja livre para a aliança que ela receberá durante a cerimônia, então nada de duelar a atenção da joia mais importante da noite com outros anéis. As pulseiras também são dispensáveis, mas se mesmo assim quiser usá-las, elas só são permitidas na ausência de luvas.
anéis
Tornozeleiras
São indicadas para casamentos mais informais, como na praia, quando o pé da noiva deve estar descalço. Neste caso, as tornozeleiras dão um charme especial para a composição.

tornozeleiras

E lembre-se: as joias devem realçar a beleza da noiva, mas não devem competir com o vestido. Opte sempre por ouro e prata, pois as chances de errar são muito menores. Pérolas são indicadas para as românticas e diamantes para as modernas. Agora é só subir ao altar e dizer “sim”!

Todos sabem que Maio é considerado o mês das noivas. As razões para essa associação, porém, são bastante nebulosas.
Há algumas histórias que tentam explicar o fato, mas nada que concretize as especulações.

De qualquer forma, temos a certeza de que: apesar de todo o encantamento que envolve o mês cinco do calendário, não é este o período mais procurado pelos casais apaixonados para selar os laços matrimoniais. Pelo menos não nos nossos tempos.

Em recentes pesquisas envolvendo o Brasil, ficou constatado que o mês preferido para o “casório” é dezembro. Isso porque os entrevistados consideram que este seja o período ideal para tirar férias, além de haver o estímulo do 13º salário, que ajuda nas despesas.
Já nos Estados Unidos, o mês predileto para o “sim” é fevereiro, quando se aproveita o romantismo do Valentine’s Day, que é comemorado no dia 14 do mês.

Então, por que maio?
A tradição vem da Europa, e uma das hipóteses mais aceitas é uma antiga lenda da Idade Média. Segundo ela, este era o período em que os habitantes do Hemisfério Norte tomavam seu primeiro banho anual.
É, isso mesmo!

Como lá as temperaturas são muito frias (abaixo de zero) nos primeiros meses do ano, as pessoas precisavam esperar o tempo esquentar para fazerem a sua higienização completa.
Assim, faz todo o sentido o casamento acontecer logo após este momento, quando podia-se amenizar o odor dos noivos. As mulheres ainda tomavam seu banho imersas e flores, além de carregarem bem perto de si um ramalhete para ajudar na missão. A tradição, apesar de sofrer mudança de significado, se mantém até hoje, quando a noiva carrega seu fiel buquê de flores rumo ao altar.

Outra vertente bem aceita é a de que Maio celebra muitos costumes populares do Velho Mundo. O período, que marca o inicio da primavera na região, é celebrado com muitas flores, que com o passar do tempo foram associadas à eternização do amor e ao casamento. Acima de tudo, há uma referência direta à feminilidade, sendo expressa também pelo Dia das Mães e pela consagração de Maria, ambas datas comemoradas durante o mês.

Joias para as Noivas
E já que estamos falando em Noivas, por que não dar dicas para adornar aquelas que desejam pisar no altar em breve? Diferentemente das madrinhas e das demais convidadas, que possuem grande leque de possibilidades, as noivas precisam prestar atenção em alguns detalhes que acabam restringindo suas opções.

Colares
Só podem ser usados com vestidos decotados. Nem pense em vestir estas joias se o modelo tiver gola alta ou muito bordado.

colar

Brincos
Não é uma regra, mas lembre-se que “menos é mais”. Como a intenção não é chamar a atenção especificamente para estas peças, a indicação são brincos medianos e que não incomodem.

brinco

Anéis e Pulseiras
Devem ser evitados. É bacana que a mão da noiva esteja livre para a aliança que ela receberá durante a cerimônia, então nada de duelar a atenção da joia mais importante da noite com outros anéis. As pulseiras também são dispensáveis, mas se mesmo assim quiser usá-las, elas só são permitidas na ausência de luvas.
anéis
Tornozeleiras
São indicadas para casamentos mais informais, como na praia, quando o pé da noiva deve estar descalço. Neste caso, as tornozeleiras dão um charme especial para a composição.

tornozeleiras

E lembre-se: as joias devem realçar a beleza da noiva, mas não devem competir com o vestido. Opte sempre por ouro e prata, pois as chances de errar são muito menores. Pérolas são indicadas para as românticas e diamantes para as modernas. Agora é só subir ao altar e dizer “sim”!

About the author

Related posts

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *