Características do Ouro

ouro

O ouro é conhecido desde a antiguidade e provavelmente foi um dos primeiros materiais trabalhados pelo homem. Sempre representou riqueza material para a humanidade, associado ao luxo e muitas vezes ao sagrado, sendo evidenciado pela Bíblia.

É encontrado em forma de pepita, misturado ao quartzo e a outros metais, em minas, encostas e leitos dos rios, em vários lugares do mundo, mas sempre em quantidades pequenas.

Extremamente maleável, para emprestar resistência ao ouro é preciso ligá-lo a outros metais como a prata, o cobre, o níquel ou o paládio. A quantidade desses metais em sua liga é que faz com que ele seja mais ou menos puro e ainda,  podem acontecer variações de cores. As mais usadas em joalheria são o amarelo, rosa e branco. Porém, existem também nas cores: pérola, verde, azul, vermelho, lilás, púrpura, marrom e cinza.

Quanto mais raro, mais valioso. É isso que faz com que o ouro seja considerado o metal mais precioso que existe. Além de jóias (anéis, relógios, brincos, pulseiras e colares), é muito utilizado em objetos de luxo, medalhas, tecnologias, moedas e até para fins comestíveis (como decoração para doces refinados).

Nomenclaturas

Quilate (K) = unidade de medida da porcentagem de ouro nas ligas;
Ouro puríssimo = 100% de ouro → 24 quilates (24K) ou ouro 999,9 → usado como lastro monetário;
Ouro puro = 91,6% → 22 quilates (22K) ou ouro 916,6 → moedas e joias para investimento;
Ouro de excelente qualidade = 75% de ouro → 18 quilates (18K) ou ouro 750 → mais usado na joalheria da Europa e do Brasil;
Ouro de ótima qualidade = 58,33% → 14 quilates (14K) ou ouro 586 → muito usado na joalheria norte-americana;
Ouro de boa qualidade = 41,6% de ouro → 10 quilates (10K) ou ouro 416 → usado na maioria das joalherias brasileiras, muitas vezes titulado como Ouro 12, porém não podendo ser chamado assim, já que o ouro 12K tem 50% de ouro (pois é metade de 24K);
Ouro de menor qualidade = 37,5% de ouro → 9 quilates (9K) ou ouro 375 → usado na maioria das joias do Reino;
Ouro de baixa qualidade = 33,3% de ouro → 8 quilates (8K) ou ouro 333 → mais baixo teor aceitável na joalheria.

Confira as opções da Boiko: http://www.joalheriaboiko.com.br/

 

brinco-em-ouro-amarelo-18k-com-diamantes_lst_cat

alianca-classica-em-ouro-amarelo-branco-e-rose-18k_lst_cat

gargantilha-c-rubi-oval-e-diamantes_lst_cat

ouro

O ouro é conhecido desde a antiguidade e provavelmente foi um dos primeiros materiais trabalhados pelo homem. Sempre representou riqueza material para a humanidade, associado ao luxo e muitas vezes ao sagrado, sendo evidenciado pela Bíblia.

É encontrado em forma de pepita, misturado ao quartzo e a outros metais, em minas, encostas e leitos dos rios, em vários lugares do mundo, mas sempre em quantidades pequenas.

Extremamente maleável, para emprestar resistência ao ouro é preciso ligá-lo a outros metais como a prata, o cobre, o níquel ou o paládio. A quantidade desses metais em sua liga é que faz com que ele seja mais ou menos puro e ainda,  podem acontecer variações de cores. As mais usadas em joalheria são o amarelo, rosa e branco. Porém, existem também nas cores: pérola, verde, azul, vermelho, lilás, púrpura, marrom e cinza.

Quanto mais raro, mais valioso. É isso que faz com que o ouro seja considerado o metal mais precioso que existe. Além de jóias (anéis, relógios, brincos, pulseiras e colares), é muito utilizado em objetos de luxo, medalhas, tecnologias, moedas e até para fins comestíveis (como decoração para doces refinados).

Nomenclaturas

Quilate (K) = unidade de medida da porcentagem de ouro nas ligas;
Ouro puríssimo = 100% de ouro → 24 quilates (24K) ou ouro 999,9 → usado como lastro monetário;
Ouro puro = 91,6% → 22 quilates (22K) ou ouro 916,6 → moedas e joias para investimento;
Ouro de excelente qualidade = 75% de ouro → 18 quilates (18K) ou ouro 750 → mais usado na joalheria da Europa e do Brasil;
Ouro de ótima qualidade = 58,33% → 14 quilates (14K) ou ouro 586 → muito usado na joalheria norte-americana;
Ouro de boa qualidade = 41,6% de ouro → 10 quilates (10K) ou ouro 416 → usado na maioria das joalherias brasileiras, muitas vezes titulado como Ouro 12, porém não podendo ser chamado assim, já que o ouro 12K tem 50% de ouro (pois é metade de 24K);
Ouro de menor qualidade = 37,5% de ouro → 9 quilates (9K) ou ouro 375 → usado na maioria das joias do Reino;
Ouro de baixa qualidade = 33,3% de ouro → 8 quilates (8K) ou ouro 333 → mais baixo teor aceitável na joalheria.

Confira as opções da Boiko: http://www.joalheriaboiko.com.br/

 

brinco-em-ouro-amarelo-18k-com-diamantes_lst_cat

alianca-classica-em-ouro-amarelo-branco-e-rose-18k_lst_cat

gargantilha-c-rubi-oval-e-diamantes_lst_cat

About the author

Related posts

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *