A Origem do Buquê

buque-de-rosas-1

A palavra Buquê é de origem francesa e se trata de um arranjo de flores usado pela noiva no dia de seu casamento. Há muitas teorias que relatam sobre a origem do Buquê. A primeira delas surgiu na Antiga Grécia, onde no dia do casamento as flores deveriam ser oferecidas num ritual a deusa Hera, noiva de Zeus.

Já alguns historiadores citam que, na Era Medieval, era tradição na França que a jovem que iria se casar percorresse a pé as ruas da vila a caminho da igreja. Durante esse trajeto, os moradores da vila ofereciam flores para que a jovem tivesse sorte e felicidade. Ao final da caminhada a moça já teria recolhido muitas flores, formando um buquê.

Outra teroria, um pouco estranha pelo motivo, era que nos séculos XVI e XVII, os hábitos de higiene eram raros e o primeiro banho do ano era tomado apenas no inicio da Primavera (Hemisfério Norte), no mês de Maio. Logo, as flores eram usadas para disfarçar o mal odor.

O ato de jogar o buquê foi disseminado na França durante o século XIV e tinha como objetivo dar sorte a moça solteira que conseguisse pegar o adorno. O gesto de atirar o bouquet surgiu para evitar que as moças solteiras arrancassem pedaços do vestido da noiva, para terem sorte em encontrar um companheiro.

Com o passar do tempo e com o surgimento de diversas flores exóticas, os arranjos começaram a ser mais sofisticados e simbólicos. Confira alguns deles:

Acácia branca ou rosada: constância e elegância

Azaleia: romance;

Begônia: timidez;

Camélia: beleza, virtude;

Copo de leite: felicidade e pureza;

Cravo: fertilidade;

Crisântemo: paixão;

Dália: delicadeza;

Girassol: vida;

Hortência: energia;

Jasmim: amor;

Lírio: sorte e casamento;

Margarida: inocência;

Miosótis: amor sincero;

Tulipa: amor;

Violeta: lealdade;

Orquídea: sensualidade;

Rosa branca: pureza, paz;

Rosa champanhe: admiração, reverência;

Rosa alaranjada: fascínio, encanto;

Rosa cor-de-rosa: amizade, carinho;

Rosa vermelha: amor, paixão;

Atualmente o buquê tornou-se uma peça essencial, sendo até mesmo considerado parte do look da noiva. Os modelos são os mais variados novas tendências demarcam o uso de botões, pedras, pérolas, tecidos e outros apetrechos para compor o buquê.

Buques-de-noiva-7 Buques-de-noiva-5 Buques-de-noiva-2 Buques-de-noiva-9 Buques-de-noiva-3

 

buque-de-rosas-1

A palavra Buquê é de origem francesa e se trata de um arranjo de flores usado pela noiva no dia de seu casamento. Há muitas teorias que relatam sobre a origem do Buquê. A primeira delas surgiu na Antiga Grécia, onde no dia do casamento as flores deveriam ser oferecidas num ritual a deusa Hera, noiva de Zeus.

Já alguns historiadores citam que, na Era Medieval, era tradição na França que a jovem que iria se casar percorresse a pé as ruas da vila a caminho da igreja. Durante esse trajeto, os moradores da vila ofereciam flores para que a jovem tivesse sorte e felicidade. Ao final da caminhada a moça já teria recolhido muitas flores, formando um buquê.

Outra teroria, um pouco estranha pelo motivo, era que nos séculos XVI e XVII, os hábitos de higiene eram raros e o primeiro banho do ano era tomado apenas no inicio da Primavera (Hemisfério Norte), no mês de Maio. Logo, as flores eram usadas para disfarçar o mal odor.

O ato de jogar o buquê foi disseminado na França durante o século XIV e tinha como objetivo dar sorte a moça solteira que conseguisse pegar o adorno. O gesto de atirar o bouquet surgiu para evitar que as moças solteiras arrancassem pedaços do vestido da noiva, para terem sorte em encontrar um companheiro.

Com o passar do tempo e com o surgimento de diversas flores exóticas, os arranjos começaram a ser mais sofisticados e simbólicos. Confira alguns deles:

Acácia branca ou rosada: constância e elegância

Azaleia: romance;

Begônia: timidez;

Camélia: beleza, virtude;

Copo de leite: felicidade e pureza;

Cravo: fertilidade;

Crisântemo: paixão;

Dália: delicadeza;

Girassol: vida;

Hortência: energia;

Jasmim: amor;

Lírio: sorte e casamento;

Margarida: inocência;

Miosótis: amor sincero;

Tulipa: amor;

Violeta: lealdade;

Orquídea: sensualidade;

Rosa branca: pureza, paz;

Rosa champanhe: admiração, reverência;

Rosa alaranjada: fascínio, encanto;

Rosa cor-de-rosa: amizade, carinho;

Rosa vermelha: amor, paixão;

Atualmente o buquê tornou-se uma peça essencial, sendo até mesmo considerado parte do look da noiva. Os modelos são os mais variados novas tendências demarcam o uso de botões, pedras, pérolas, tecidos e outros apetrechos para compor o buquê.

Buques-de-noiva-7 Buques-de-noiva-5 Buques-de-noiva-2 Buques-de-noiva-9 Buques-de-noiva-3

 

About the author

Related posts

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *